domingo, 29 de setembro de 2013

Vinicius de Moraes no outono do Japão

Autumn Bridge, Okutama, Japan-Pinterest

No distante e milenar Japão mora um amigo brasileiro, sensível, amado por muitos na blogosfera e no facebook, sempre com palavras de carinho e reforço às amizades duradouras. Alexandre Mauj também ama poesia e não esquece nossos melhores poetas, declama abaixo um dos mais lindos sonetos do nosso eterno poetinha Vinicius de Moraes. Ouçam que voz linda e terna tem o Alexandre.



Obrigada por sua participação aqui neste cantinho da poesia querido Alexandre, e pra você especialmente, grande ponte de amizade neste mundo virtual, deixo palavras da poeta Roseana Murray:

Com fina linha prateada
o sonhador borda a sua vida:
na fronteira entre o dia e a noite,
entre uma estrela e outra,
uma palavra e sua sombra,
ergue um castelo de vento,
desfralda as bandeiras da paz.





13 comentários:

  1. Exelente tarde campestre, Betinha!

    Lambi cada gotícula da declamação, como a um guaraná caçulinha furado a prego e gelado ao regato.

    Quanto ao segundo poema, este limiar entre o pragmatismo e o idílico, o sisudo e o risível, no adelgaçante horizonte humano é que move o poeta, que move o mondo à não obscuridade.

    Amei!
    Bom descanso.

    ResponderExcluir
  2. Olá, meninos!!!
    Não imaginava a voz do Alê assim... foi uma surpresa o tom mais forte e quase cantado... a pessoa doce de coração não fala, sussurra e quase canta melodiosamente...
    Que bela declamação!!!
    Bjm de paz e bem aos dois

    ResponderExcluir
  3. A cândida poesia/oração do inigualável poetinha Vinicius, ganhou sonoridade fluente na voz do Alexandre.Achei bem impressionante como a gente consegue "ver" o Alê em cada verso.
    Adorei o lindo presente que vc aqui nos traz, minha amiga.
    Tenham, vc e o Alexandre uma semana cheiinha de poesia.
    Bjos aos dois.
    Calu

    ResponderExcluir
  4. Lindo, esse poema é muito lindo, adoro poemas e prosas, gostei de ouvir!
    Abraços e tenhas um lindo domingo!

    ResponderExcluir
  5. Oi Beth
    Eu adoro este poema, muito lindo, e a voz do Ale, que beleza, um verdadeiro encanto.
    Beijo pra vocês.

    ResponderExcluir
  6. eu fico mto feliz de estar aqui, nesse blog tão lindo. me sinto junto aos amigos, como se estivéssemos todos juntos, narrando um poema, lendo... e sendo felizes.
    mto obrigado amada mãe Gaia, por este carinho! um grande bjo!

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, Beth
    Não poderia de deixar de vir aqui ouvir essa voz maravilhosa desse querido e amado amigo, e viajar com esse poema que nos encanta e sempre nos encantará!

    Uma linda semana pra vc! Beijos

    ResponderExcluir
  8. Olá!Bom dia
    Beth
    Linda imagem...
    Encantado! Lindo espaço interativo... parabéns ao Alexandre Mauj , declamando o lindo soneto do nosso eterno Vinicius de Moraes e à vc por compartilhar...
    Roseana Murray:Um novelo de esperança corre , se desenrola.É o nosso sonho.
    Agradeço pelo carinho,obrigado, belo início de semana
    Beijos praianos com gosto de chuva...

    ResponderExcluir
  9. Beth, uma ideia sensacional trazer a poesia falada pelo Alexandre para cá, para não se perder pelo Facebook, que anda tão rápido e tão fácil de esquecer o que lemos, ouvimos ou vemos. E o Alexandre deveria levar para o blog dele, também.
    A voz é linda, empostada, suave, forte. Gostei demais, e a escolha desse poema do Vinícius foi particularmente muito feliz.
    Beijos, para você e para o Alexandre.

    ResponderExcluir
  10. Que lindo! Não conhecia esse seu blog...e vir pela 1ªvez e ouvir a voz do Alê foi tudibaum!!! Assim ficamos mais próximos.
    Beijuuss amaaada

    ResponderExcluir
  11. Querida amiga
    Não conheço o Alexandre, mas ele tem uma voz linda e parecia uma pessoa apaixonada ao proclamar o soneto!
    Bjo grande
    Léia

    ResponderExcluir
  12. Oi amiga. Linda vóz de Alexandre! Muito lindo também este espaço. Adorei! Te seguindo. Obrigada por partilhar! Bjos.

    ResponderExcluir