sexta-feira, 29 de julho de 2011

Menina

Conheçam esta poetisa que transforma palavras em delicadeza - Maria Helena - do blog Pintando o Sete com a Vida.
Clique, aumente o som e leia comigo:

Ainda sou aquela menina
que encontrou a sua imagem
num grande baile de máscaras

Ainda sou a saudade
que se despediu da infância
sem se desfazer dos brinquedos

Ainda sou a liberdade
de pés descalços na vida
em busca de terra desconhecida

Ainda sou aquela menina
vestida da cor do sonho
acordada na realidade

Ainda sou menina peralta
que desfaz caminhos prontos
pra não perder a cor dos dias

Ainda sou menina sorriso
que acha sempre uma graça
Nas teias tecidas na vida






Imagem Pinterest
Música - Passos de uma Bailarina



20 comentários:

  1. Não conhecia, mas gostei muito da leveza do poema. bacio

    ResponderExcluir
  2. Minha queridaaaaaaa!!!!!! O que dizer diante da emoção que me invade neste momento? O que dizer de um presente tão maravilhoso que mae raptou para as nuvens? O que dizer da sua generosidade que tomou a menina no colo e a embalou com carinho? O que dizer de seres tão especiais, como você, que mesmo estando a quilômetros de distância se faz presença pelo coração? O que dizer? Sinceramente as palavras são insuficientes! Dou-lhe, então, a minha emoção na forma mais genuína. Que o bem que você me fez hoje seja revertido em bênção na sua vida! Caem-me as lágrimas....

    ResponderExcluir
  3. Esta menina é uma doçura, uma orquídea em flor.A poetisa, uma "olha a moça!"
    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Vim conhecer seu blog, gostei e fiquei...e me encantei com a poesia..
    Paz e bem

    ResponderExcluir
  5. Doce, singelo,... lindo! Beleza no resgatar-se. Não conhecia a poesia da Maria Helena. Obrigada pela partilha. Dizer um poema não é tarefa fácil, o que você faz com muita competência.

    Parabéns às duas!

    Bjs e inté!

    ResponderExcluir
  6. Adorei o poema da Maria Helena

    Somos todas nós eternamente meninas...

    Gostei muito da tua declamação e da imagem escolhida.
    Tudo perfeito!

    Bom vir aqui.

    bjs
    Rossana

    ResponderExcluir
  7. Parabéns
    Uma bela produção. O Blog, sua delicadeza, as poesias sublimes que aqui encontro.
    Um beijo

    ResponderExcluir
  8. Oi Beth!
    Ai que gostoso ouvir esta suave música e palavras recitadas em uma voz calorosa nos fazendo mergulhar nos sentimentos daquela criança que ainda brinca dentro de nós. Lindo, parabéns à poetisa!

    Beijos e um lindo domingo!

    ResponderExcluir
  9. Lindo, lindo, lindo, querida Beth!
    Demais!
    A poesia de Maria Helena é feita de delicadeza, de sensibilidade.
    Leve como pluma...
    Sua escolha foi felicíssima!
    A música é puro encantamento e sua leitura,amiga, dispensa comentário: parece que poema e voz nasceram juntos.
    Parabéns, querida!
    Grata, por este momento de enlevo...
    Abraço bem apertado da
    Zélia

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Beth.

    Lindo o poema, linda Maria Helena.
    Parabéns pela escolha e por nos fazer levitar com essa menina...
    Todos nós temos um pouco dela.

    Paz e Luz

    ResponderExcluir
  11. Ai Beth, que coisa linda! Ainda somos meninas sim, e tem dias que dá uma vontade de desfazer a trança e entrar na roda!!!!

    Parabéns à escritora/poeta Maria Helena

    Beijos em domingo de vento. (dentro e fora)

    ResponderExcluir
  12. Que lindoooooooooo! Linda poesia que lida na voz da querida Beth tomou vida, ouvida numa interpretação fantástica, adorei!
    Prazer, voltarei por aqui!
    Beijo, beijo nas duas! ;)
    She

    ResponderExcluir
  13. Lindo demais Betita! Que bela escolha essa poesia da Maria helena e como ficou linda e suave falada por vc! parabéns às duas, beijos tb!

    ResponderExcluir
  14. Oi Beth.
    Que leveza de poesia. Não conheço a autora. Com este blog vamos noe enlevando com as belas imagens, belas palavras embaladas na sensibilidade empregada pela sua voz.
    bjs
    Boa semana

    ResponderExcluir
  15. Lilas Lilas! eita dona Lilas! eu disse que ce anda muito inspirada... mesmo sabendo ser a poesia da helena e de outros tantos e preciso ter ouvidos abertos para conseguir ouvir beleza no mundo! e voce tem esse dom!

    seu espaco super zen ta uma delicia...

    ResponderExcluir
  16. Quero amadurecer, mas ser sempre uma menina.
    Belo poema.
    Xeros

    ResponderExcluir
  17. Beth, ainda sou a tão menina quanto a Maria Helena...
    Muito lindo o poema, suave na sua voz.
    A música é linda.
    Beijo!

    ResponderExcluir
  18. Oi, querida!
    Muito obrigada por vc visitar meu blog e deixar recado! Seu blog é lindo demais.Pura poesia.Quem ñ gosta de poesia, né?
    Bjs,Rozani

    ResponderExcluir
  19. Olá, querida
    A quarta estrofe me é muito familiar... Lindo poema!!!
    Bjm de boa noite e de paz

    ResponderExcluir
  20. a Maria Helena escreve cada poema bonito! e com sua leitura, ficou especial, querida mãe gaia. Emociona!

    bom dia!

    ResponderExcluir