quarta-feira, 27 de julho de 2011

Filigrana


Zélia Guardiano é uma escritora que surpreende a cada dia com sua produção poética moderna e instigante.
Não deixem de visitá-la em seu blog Ad Litteram e surpreendam-se a cada poema.

Auto - Retrato
(auto retrato)
Clique, aumente o som e leia comigo:

 

A luz
Do poste
De iluminação
Pública
Como se viesse
Da antiguidade
Greco-romana
Trespassa
A planta
Do vaso
Da varanda
Projetando
Na parede
Rica filigrana
De beleza
Única

Cada
Particularidade
Cada
Detalhe
Cada
Minudicência
Da fictícia
Ourivesaria
Encanta-me
Põe-me
Em estado
De graça
E me faz
Assim
Pensar:

Como seria?



Imagem-Pinterest
Música Medieval-Filme Senhor dos Anéis





26 comentários:

  1. a poesia leve de Zélia na tua voz é uma aparição. como diria um amigo, "bom de bom"!

    ResponderExcluir
  2. Lindo Bethita! E amei a escolha da música também. Amo música celta, música medieval.

    Beijocas

    ResponderExcluir
  3. Oi querida
    Lindo. Eu gosto muito da forma como a Zelia poeta.
    Bela escolha.
    Não tenho consequido fazer comentários lá....
    bjs

    ResponderExcluir
  4. Como tudo que a Zelia faz, lindo!Adorei e adoro lê-la...beijos,chica

    ResponderExcluir
  5. Oi Beth!
    Não conhecia a Zélia! Vou visitá-la!
    Descrição suave que nos transporta para além da imaginação. E na sua voz então.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  6. Beth, minha querida

    Sinceramente, faltam-me palavras para externar minha gratidão.
    A escolha de meus versos e o lindíssimo tratamento dado a eles, encantaram-me.
    A poesia, na sua voz, cresceu, tornou-se muito maior! Sua interpretação é magnífica!
    A música, escolhida com tanta sensibilidade, deu um realce extraordinário ao conjunto.
    Alegrou-me ainda, e muito, ver aqui meu auto retrato, do qual gosto bastante. Tanto, que será ccapa de meu primeiro livro, que será lançado em agosto e que tem por título POESIA COMBINA COM TUDO.
    Bem, amiga, você conseguiu fazer-me feliz, feliz!
    Só me resta dizer-lhe; Deus lhe pague!
    Receba um abraço bem apertado e cheio de carinho.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Bethinha
    Este foi o que mais tive empatia... pelo estilo e pelo conteúdo...
    A música de pano de fundo fez vc ser muito feliz na escolha...
    Lindo!!!
    Bjs de paz

    ResponderExcluir
  8. Que lindo Betita! A poesia da amiga Zélia é mesmo assombrosa e com sua voz doce e essa linda música de fundo, pudemos mesmo sentir e ver as filigranas desenhadas nos versos.Parabéns Zélia, parabéns Betita!

    ResponderExcluir
  9. Sempre um momento de ternura, de beleza...
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Lindo Beth, a Zelia eu sigo sempre encantado e sempre digo,que ela tem uma construção impar.É muito bom ler a Zelia e aqui voce deu um show com sua voz/poetica.Parabens duplo a voce e à Zelia,por nos encantar.
    Um abraço mineiro de paz.
    Bju.

    ResponderExcluir
  11. Minha querida
    Vim do blogue da Zélia e adorei tudo por aqui, tomei a liberdade de seguir.

    Beijinhos
    Sonhadora

    ResponderExcluir
  12. é um caminho de Vida ler a poesia de zélia.
    tão linda e merecida partilha e homenagem..

    beijos!

    ResponderExcluir
  13. Bela escolha de textos! A poesia da Zélia e do Marco (logo abaixo) encantam e merecem ser divulgadas. ;) Parabéns também pela interpretação!

    Obrigada pela visita ao 'Nudez Poética' e pelo gentil comentário!

    Um abraço,
    Lou

    ResponderExcluir
  14. A poesia da Zélia me encanta desde o meu primeiro encontro com seus versos. É de uma magia deliciosa. rs

    bacio

    ResponderExcluir
  15. Cheguei via outro blog e já gostei da técnica e da suavidade como traz os poemas alheios em destaque! Abraço

    ResponderExcluir
  16. Belíssimo trabalho...Adorei o espaço e vou ficando por aqui.

    ResponderExcluir
  17. Uma profusão de belas imagens capitaneadas pela poesia filigranada em versos ao som da voz e na melodia!
    Puro encantamento, Betinha.
    Bjos,
    Calu

    ResponderExcluir
  18. Ah, amei ouvir o poema, a Zélia é querida!
    Beijos,

    ResponderExcluir
  19. Beth!

    A tua entonação no momento certo, fez do lindo poema da querida Zélia, um canto cheio de beleza. Lá e cá.

    Beijos

    Mirze

    ResponderExcluir
  20. Beth, minha querida

    Li seu recado no meu espaço e volto para responder-lhe, já que não consigo postar comentários lá. Tenho tido problema seríssimo com o blogger, nesta questão de postar comentários e sei que outras pessoas também estão encontrando dificuldade. Para mim é muito ruim a situação, justo agora que estou prestes a lançar meu livro POESIA COMBINA COM TUDO ( dia 27 de agosto aqui na minha cidade, no A(o)gosto das Letras e , em setembro, em São Paulo ). Afinal, conto com a blogosfera para fazer a divulgação...
    Mas falemos, amiga, deste trabalho maravilhoso e inovador que você está fazendo aqui: de fato, não tenho conhecimento de nenhum outro blog que mostre algo parecido. O tratamento dado aos poemas e seus autores é muito, muito especial! Tanto no caso do querido Marcantonio como no meu, você se esmerou! O resultado, em ambos os casos, não poderia ser, absolutamente, melhor do que o alcançado! Parabéns!
    Sinceramente, Beth: é mais do que uma honra receber este carinho todo com o qual você me presenteou.
    E pode ter certeza: acompanharei, de perto, todo o desenvolvimento do seu magnífico trabalho! Estarei sempre aqui!
    Muito, muito grata!

    Abraço bem forte e beijinhos da
    Zélia

    ResponderExcluir
  21. Obrigada Zélia!
    Como lhe disse por lá, não sou nenhuma profissional, nem atriz, apenas alguém que ama poesias e não sabe fazê-las, mas adora lê-las, principalmente quando são bem feitas como as de vocês.
    Tudo aqui é idéia minha, inclusive a pesquisa musical que procuro fazer de acordo com o que cada poesia me inspira. Por isso tudo é muito amadoresco, mas tem dado um resultado final satisfatório que é levar a arte de vocês de uma forma libertadora e ajudar a muitas pessoas que não sabem como ler uma poesia, a despertar para este isto.
    Obrigada a você e a todos que por aqui passaram.
    beijos cariocas

    ================================================================================================

    ResponderExcluir
  22. Zélia Guardiano é uma das grandes poetas que tive o prazer de conhecer através da blogosfera. Adorei o modo como você disse o poema!

    Bjs para você e para a Zélia. E perdoem a demora. Ultimamente ando mergulhada no trabalho, e para tentar continuar a blogar, preciso abrir brechas aqui e ali durante a semana. Inté!

    ResponderExcluir
  23. Adoro a Zélia e claro, seus poemas.
    Que bom que a escolheu.

    bjcas
    Rossana

    ResponderExcluir
  24. lindo demais, a Zélia é ma maravilha de poeta!

    Beijos

    ResponderExcluir
  25. Zélia sempre encanta, assim como a sua interpretação Beth.
    Xeros

    ResponderExcluir
  26. Leio sempre a Zélia e me agrada muito saber que ela terá um livro, agora. Muito boa notícia. Ela "poeta" muito bem, merece o destaque.

    ResponderExcluir